California Chrome consagra-se em Dubai Internacional

Foto

Disputada neste sábado(26/3), em Meydan, a Dubai World Cup (G I), para produtos de 3 e mais anos, com US$ 10 milhões de bolsa, foi facilmente vencida pelo norte-americano California Chrome, 5 anos, filho de Lucky Pulpit e Love The Chase (Not For Love), de criação de Martin Perry & Steve Coburn e propriedade de California Chrome LLC. 

No pique de largada, Mshawish (Medaglia D’Oro) assumiu a primeira colocação, correndo Gun Pit (Dubawi) - com João Moreira "up" - em segundo. O ganhador do Round 3 do Al Maktoum Challenge (gr.I), Special Fighter (Teofilo) era o terceiro e California Chrome acionava em quarto. Ainda na primeira curva, Special Fighter passou para segundo e California Chrome para terceiro.

Sem alterações nos 3 primeiros postos, o lote percorreu a reta oposta e ingressou no contorno da última curva. Ganhando terreno pela cerca, Mubtaahij (Dubawi) avançava sobre Mshawish na abordagem do tiro direto, enquanto que Special Fighter e California Chrome também abriam fogo contra o ponteiro.

Logo nos primeiros metros da reta final, porém, California Chrome carregou com sucesso na luta pela primeira colocação. Sob o comando de Victor Espinoza, o alazão passou sem dificuldade por Mshawish e começou a abrir "luz" na liderança. Em êxito incontestável, California Chrome alcançou o disco 3 corpos e 3/4 à frente de Mubtaahij, finalizando Hoopertunity (Any Given Saturday) em terceiro. Special Fighter e Frosted (Tapit) completaram o marcador.

Teletext, com Silvestre de Sousa "up" foi o décimo, e Gun Pit - conforme já escrito, pilotado por João Moreira - fechou raia em décimo segundo. 

Treinado nos Estados Unidos por Art Sherman, California Chrome conseguiu a sua décima segunda vitória em 21 corridas. Ganhador, ainda, do Kentucky Derby (gr.I), Preakness Stakes (G I), Santa Anita Derby (G I), Hollywood Derby (G I), San Felipe Stakes (G II) e San Pasqual Stakes (G II), California Chrome havia escoltado Prince Bishop nesta mesma Dubai World Cup em 2015 - ocasião em que aterrisou em Dubai nas vésperas da competição. Desta feita, porém, a logística da equipe de California Chrome optou por uma corrida de preparação - no caso um handicap vencido aos esbarros por ele, em fevereiro - em Meydan, e mesmo enfrentando um lote mais qualificado do que no ano passado, California Chrome acusou o sucesso da estratégia de seus responsáveis ao vencer a DWC. Com prêmios acima dos US$ 12,5 milhões, California Chrome correu a distância na marca recorde de 2:01.83.

Fonte ABCPCC

Entre em contatoEstamos esperando sua mensagem!