Beholder bate Songbird e brilha no primeiro dia de Breeders’ Cup Internacional

Foto Richard Mackson / USA TODAY Sports

Beholder saca diferença mínima sobre Songbird: duelo de campeãs em Santa Anita

Uma chegada que levou o público de Santa Anita Park - bem como turfistas de todo o mundo que acompanhavam a transmissão da corrida - à loucura selou a data de abertura da Breeders’ Cup 2016. No momento mais aguardado do dia, Beholder superou - a até então invicta - Songbird em final de grande emoção na Longines Breeders’ Cup Distaff (gr.I), em 1.800m na areia, para éguas de 3 e mais anos, com US$ 1,84 milhão de dotação, conquistando, assim, o bicampeonato do páreo.

Largando pela baliza um, Songbird mandou-se para a dianteira, sem surpresa. A filha de Medaglia D’Oro não era guerreada, com a múltipla ganhadora de G1 I’m A Chatterbox (Munnings) correndo em segundo e Beholder acionando em terceiro. Stellarwind (Curlin), que vinha de somar duas vitórias para cima de Beholder, era a quinta.

Com parciais de 23.32 e 47.16, Songbird continuou liderando a prova, sem ser incomodada, na reta oposta. No giro da última curva, porém, Gary Stevens deu rédeas a Beholder, que prontamente se apresentou à competição. Antes mesmo da abordagem da reta final Beholder era a segunda colocada, a menos de 1 corpo de Songbird.

E num duelo à altura de duas campeãs - que acumulavam consigo nada menos que 17 provas de G1 e 4 troféus do Eclipse Awards -, Songbird e Beholder digladiaram-se por toda a reta final. No último galão - com direito ao locutor do páreo perdendo a voz - Beholder sacou diferença mínima sobre Songbird, que pela primeira vez em meio às mais velhas caiu "em pé", de acordo com a sua categoria. Forever Unbridled (Unbridled’s Song), que chegou a dar alguma impressão nos 200 finais, foi a terceira, deixando Stellar Wind em quarto. I’m A Chatterbox completou o marcador. A argentina Corona Del Inca (Luhuk), representando seu país via desafio Win And You’re In, fechou raia na oitava colocação.

Contando com o preparo de Richard Mandella, Beholder passa a contar com 18 vitórias em 26 corridas. Vencedora da "Distaff" também em 2014, e primeira colocada em outras 9 corridas de graduação máxima, Beholder é tricampeã do Eclipse Awards, tendo vencido como potranca de 2 anos, potranca de 3 anos e égua adulta. Filha de Henny Hughes e Leslie’s Lady (Tricky Creek), Beholder, no auge dos seus 6 anos, parou os relógios na marca de 1:49.20. Trata-se de uma crioula da Clarkland Farm pertencente à Spendthrift Farm LLC.

Confira abaixo os demais resultados da data de abertura da Breeders’ Cup 2016:

LAS VEGAS BREEDERS’ CUP DIRT MILE (GR.I) - 1.600m/areia - produtos de 3 e mais anos - US$ 1 milhão
Tamarkuz, 6 anos, por Speighstown e Without You Babe (Lemon Drop Kid) - Criação: John Gunther - Propriedade: Shadwell Stable - Treinador: Kiaran McLaughlin - Jóquei: Mike Smith
2º Gun Runner (Candy Ride)
3º Accelerate (Lookin At Lucky)
Tempo: 1:35.72

BREEDERS’ CUP JUVENILE TURF (GR.I) - 1.600m/grama - potros de 2 anos - US$ 922 mil
1º Oscar Performance, por Kitten’s Joy e Device Actress (Theatrical) - Criação: Mrs. Jerry Amerman - Propriedade: Amerman Racing - Treinador: Brian Lynch - Jóquei: Jose Ortiz
2º Lancaster Bomb (War Front)
3º Good Samaritan (Harlan’s Holiday)
Tempo: 1:33.28

BREEDERS’ CUP JUVENILE FILLIES TURF (GR.I) - 1.600m/grama - potrancas de 2 anos - US$ 922 mil
1º New Money Honey, por Medaglia D’Oro e Weekend Whim (Distorted Humor) - Criação:  Five Racing Thoroughbreds - Propriedade: WinStar Farm - Treinador: Chad Brown - Jóquei: Javier Castellano
2º Coasted (Tizway)
3º Cavale Doree (Sunday Break)
Tempo: 1:34.01

Transcrito ABCPCC

. .

Entre em contatoEstamos esperando sua mensagem!