Etrusca derrota as mais velhas no GP Oswaldo Aranha - G2 Gávea

Foto Sylvio Rondinelli

Em fase excepcional, mostrou um padrão diferenciado quando “subiu” para os dois mil metros e agora para a milha e meia, Etrusca derrotou as mais velhas no Grande Prêmio Oswaldo Aranha - G2. A carreira, em 2.400 metros, pista de grama macia com cerca móvel de 12 metros, é uma das mais tradicionais do calendário clássico carioca e uma justa homenagem do JCB a um homem abnegado pelo turfe e principalmente pelo Brasil.

Campo reduzido para a importante prova com apenas seis concorrentes e partida boa para todas as concorrentes. Voluntariosa, Perdonada saiu na frente com Etrusca em segundo. Mud Pie, Felka, Trilha Olímpica e Dust Cup vinham na sequência. Em, fila indiana e sem alterações no panorama, Perdonada mostrava o caminho para as adversárias. Etrusca e Mud Pie lutavam pela segunda com Felka, Trilha Olímpica e Dust Cup a seguir.

Em plena reta final, Perdonada ainda mandava na competição, mas o lote se agarrava e várias competidoras davam fila de que poderiam lutar pelo triunfo. Levando peso de todas as adversárias e em forma espetacular, Etrusca, na tocada de Vagner Borges, engrenou, dominou a situação e manteve a ponta até o disco. Felka embalou para superar Perdonada no último pulo e formar a dupla. Mud Pie e Dust Cup fecharam o placar remunerado. Final apertado, da primeira à quinta colocada, apenas 1 ¾ de corpo.

Trazida em estado estupendo do CT Vale da Boa Esperança por Dulcino Guignoni, Etrusca é uma 3 anos, filha de Drosselmeyer e Nouvelle Cousine, por Broad Brush, criada pelo e defensora do Stud Globo, do turfman gaúcho Raul Régis, que estava presente ao hipódromo e bastante feliz com a campanha que vem cumprindo sua castanha. Na sua quarta vitória, a segunda nobre – a outra no GP Carlos Gilberto e Carlos Telles da Rocha Faria - G2, Etrusca cobriu a milha e meia em 2min32s27.

Transcrito JCB/Fernando Lopes

Entre em contatoEstamos esperando sua mensagem!