Silver Prize mostra valentia para conquistar a PE Felício Gávea

Foto Sylvio Rondinelli

Mostrando extrema valentia, como é habitual em sua campanha, Silver Prize reacionou pela cerca interna para conquistar a Prova Especial Felício. O páreo, uma justa celebração ao reprodutor francês trazido ao país pelos Paula Machado, foi realizado em 1.400 metros, pista de areia macia, e um dos destaques da reunião do domingo, 18 de março, no Jockey Club Brasileiro.

Reunindo oito bons arenáticos, Punta Cana e Every Last Dime pularam devagar. Vários animais saíram lutando pela primeira colocação, mas coube a Goldinha a ponta da prova. Silver Prize era o segundo com É Fato, Regal Hipnos, Niguel, Know How, Every Last Dime e Punta Cana na sequência. Goldinha floreava na frente e Silver Prize mantinha o segundo posto, fácil. Niguel melhorava na grande curva.

Na hora decisiva, logo Goldinha deu por encerrada sua missão. Silver Prize dominou a situação, porém Niguel apresentou-se com ótima ação pelo meio de raia. O favorito Regal Hipnos estava batido. Know How e Punta Cana progrediam, abertos. Niguel chegou a assumir o primeiro lugar. Porém, raçudo e valente como poucos, Silver Prize reacionou pela linha um e retomou o primeiro posto, conseguindo belo triunfo. Aberto Know How formou a dupla com Niguel, Punta Cana (em boa corrida de recuperação) e É Fato fecharam o placar remunerado.

Agora preparado no CT Lost Love, em Friburgo, pelo ótimo Adélcio Menegolo e muito bem conduzido por Waldomiro Blandi, Silver Prize é um 4 anos, filho de Public Purse e Silver Gun, por Pure Prize, criado pelo Stud Quintella e defensor das belas sedas do Stud Minion. Na sua sexta vitória, em 17 apresentações, Silver Prize cobriu a distância em 1min27s07.

Transcrito JCB/Fernando Lopes

Entre em contatoEstamos esperando sua mensagem!