No GP Joăo Cecílio Ferraz, Mama Mia sai de perdedora a ganhadora de G1 Cidade Jardim

Foto divulgação

Em atropelada fulminante, Mama Mia fez uma façanha das mais difíceis na campanha de um animal, que é conquistar a primeira vitória de seu turf-record em uma prova de G1, o Grande Prêmio João Cecílio Ferraz (CRÍFER). A carreira, uma das principais atrações da reunião deste domingo, 06 de maio, é reservada para potrancas de 2 anos e foi realizada em 1.500 metros, pista de grama leve.

Adaga do Rei saiu com pressa das caixas. Gana Forte, All Red, Shanghai Princess, Hembra, Arrivederci, Mama Mia, Na Balada e Hierarquia, que largou mal, vinham depois. Sempre de galope, Adaga do rei ditava o ritmo, com Gana Forte em seu encalço. No meio do pelotão, Mama Mia buscava caminho livre para não se embaraçar na reta.

Na hora decisiva, Gana Forte partiu para cima de Adaga do Rei e outras competidoras também apresentaram-se. Aberta, Mama Mia melhorava. Totalmente sem passagem, Hembra ficava alijada da luta pelo triunfo. Mantendo a primeira colocação, Adaga do Rei resistia a tudo e a todas. Entretanto, Mama Mia engrenou forte e, no rigor de Ruberlei Viana, veio alcançar Adaga do Rei no último suspiro, em final eletrizante. Na Balada, All Red e Hembra fecharam o marcador.

Trazida de Campinas em ótima forma por Antonio Flório Barbosa, Mama Mia é uma 2 anos, filha de T.H. Approval e Augusta Girl, por A Good Reason, de criação e propriedade do Haras Phillipson. Na sua primeira vitória, logo de G1, Mama Mia assinalou 1min29s898.

Transcrito JCSP

 

Entre em contatoEstamos esperando sua mensagem!