Tinindo, Isola di Fiori derrota os machos na PE Hernani Azevedo Silva Gávea

Foto Sylvio Rondinelli

Ostentando excelente forma, obteve sua terceira vitória em quatro saídas, Isola di Fiori engrenou com disposição para superar Maestro da Serra e levantar a Prova Especial Hernani Azevedo Silva. A carreira, em 1.000 metros, pista de grama macia, foi a principal atração da reunião deste domingo, 15 de julho, no Hipódromo Brasileiro.

Após a boa partida, vários competidores saíram lutando pela ponta. Maestro da Serra, Questo Mi Piace, Isola di Fiori e Lampião eram os quatro primeiros. Um dos mais viáveis da competição, Consul American corria apenas à frente de Cometa Karlo e First Run.

Em plena reta final, Maestro da Serra e Questo Mi Piace lutavam pela ponta, com Isola di Fiori e Lampião, próximos. Isola di Fiori arrumou caminho livre no justo momento em que Maestro da Serra assumiu francamente a ponta. Encerrado, Consul Anerican tinha ação, não passagem. Com Carlos Lavor trazendo o chicote na canhota, Isola di Fiori engrenou com disposição e superou Maestro da Serra nos últimos pulos, para conseguir belíssimo triunfo. Maestro da Serra formou a exata com Questo Mi Piace em terceiro. Voando, pelo meio de raia, com caminho livre, Consul American terminou em quarto. Kid Carson fechou o marcador remunerado.

Apresentada de forma soberba por Zenílton Barbosa, o popular e querido “Tordilho Negro”, Isola di Fiori é uma 4 anos, filha de Pioneering e Treflori, por Flatter, criada pelo Haras Palmerini e defensora do Haras do Morro, de Sinval Domingues de Araújo. Na sua quinta vitória (quatro na Gávea e uma no Tarumã), Isola di Fiori cobriu o quilômetro (em grama com cerca móvel de 12 metros) em 56s02.

Transcrito JCB/Fernando Lopes

Entre em contatoEstamos esperando sua mensagem!