Em final apertado, Super Bold supera Tiro Ao Alvo e Bold Retriever na milha do GP José Paulino Nogue Gávea

Foto Sylvio Rondinelli

Em mais um final disputadíssimo nas provas corridas na milha, no prado carioca, Super Bold veio na hora certa superar Tiro Ao Alvo e seu companheiro Bold Retriever em outra edição do Grande Prêmio José Paulino Nogueira – G3. A carreira, última disputa nobre da reunião do Derby, cujo ponto alto foi a vitória de Jet Lag (Alberto Juarez Tiellet Miorim) no GP Cruzeiro do Sul - G1, disputou-se em 1.600 metros, grama macia.

Bold Retriever largou com pressa. Tiro Ao Alvo também pulou bem. Super Bold, Set Ton, Itapeba, Numba Juan, Céu de Brigadeiro e Olympic Impact eram os próximos. Tiro Ao Alvo e Super Bold começaram a diminuir a vantagem do ponteiro Bold Retriever. De trás, Set Ton e Numba Juan buscavam aproximar-se dos primeiros.

Na reta final, Bold Retriever entrou na frente, porém trazido na conta por Vagner Borges, Tiro Ao Alvo “deu voz de prisão” a Bold Retriever e passou para o primeiro lugar, mas não abriu vantagem sobre o poderoso adversário. Assim, Super Bold conseguiu embalar e, na tocada certeira de Carlos Lavor, veio pegar Tiro Ao Alvo e Bold Retriever no último pulo. Set Ton e Numba Juan fecharam o marcador.

Apresentada com o esmero habitual do ótimo Edson Ricardo, Super Bold é um 4 anos, filho de Bold Start e Etere Blu, por Hard Buck, de criação e propriedade do Stud Santa Tereza. Na sua quinta vitória, a primeira na esfera clássica, Super Bold passou a milha em 1min34s24.

Fonte JCB/Fernando Lopes

Entre em contatoEstamos esperando sua mensagem!